Estudos Bíblicos para CIA para o mês de Agosto

AULAS JULHO/AGOSTO/ 2013

TEMA: DEUS ENVIA JESUS COMO O SALVADOR DO MUNDO

2ª AULA – 11.08.2013

JESUS CHAMA DOZE HOMENS

 

Jo 1:29-33 – João Batista teve uma experiência muito grande quando viu Jesus se aproximando do rio Jordão para ser batizado. Ele disse: “… eu não o conhecia.” Que estranho! João, primo de Jesus, dizer que não o conhecia. De fato, conhecer o Senhor Jesus é uma experiência que Deus dá a cada um. Muitos conhecem um Jesus de imagem morta, figuras, Jesus milagreiro, Jesus morto.

João então ouviu uma voz do céu, que dizia: “… Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo.” Mt 3:17.

“Sobre aquele que vires descer o Espírito, e sobre ele repousar, esse é o que batiza com o Espírito Santo. E eu vi e tenho testificado que este é o Filho de Deus.” Jo 1:33.

Que fato tão sério, tão solene!

Jesus veio para ser a Pedra Fundamental, a pedra principal.

Escolheu doze discípulos (alunos), a fim de lhes ensinar sua doutrina. Chamou-os para pregar o seu ensino, dar-lhes poder para curar, libertar os oprimidos pelo inimigo. Eram homens simples, pescadores na maioria: Simão, a quem ele pôs o nome de Pedro, Tiago, João, André, Filipe, Bartolomeu, Mateus, Tomé, Tiago, Tadeu, Simão e Judas Iscariotes (Mc 3:13-19). Esses discípulos passaram três anos aprendendo com Jesus.

Um dia Jesus lhes falou: “Vós sabeis para onde eu vou e conheceis o caminho.” Tomé respondeu: “Não sabemos para onde vais, e como podemos saber o caminho?” “Jesus respondeu e disse: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai, senão por mim.” (Jo 14:4-9).

Jesus então esclarece que só há um caminho para Deus, o Pai: É Jesus.

Só há uma Verdade: Jesus é a verdade. Fora disto, a mentira.

Jesus é a Vida e quem está em Jesus tem a vida eterna. O resto é morte. Fora de Jesus, morte eterna. “Ninguém vem ao Pai senão por mim”. (Jo 14:6).

Então aqueles discípulos eram iguais a nós, mas Jesus estava ensinando tudo a eles e a nós.

Depois Filipe, outro discípulo, pediu a Jesus: “Senhor, mostra-nos o Pai.” Sim, porque Jesus havia dito: “Ninguém vem ao Pai, senão por mim.” “Eu quero conhecer o Pai!” Jesus então ajuda Filipe e lhe diz: “Estou há tanto tempo convosco e não tendes me conhecido, Filipe? Quem me vê a mim vê o Pai”. E a conversa continuou e Jesus acrescentou: “Se pedirdes alguma coisa em meu nome, eu o farei”. (Jo 14:14).

Jesus sentiu que eles estavam com medo de ficarem sozinhos quando ele voltasse para o céu, e Jesus logo os acalmou: “Eu não vos deixarei sós, mandarei outro Consolador, o Espírito Santo, que vós ainda não conheceis, mas habita convosco e estará entre vós. Não os deixarei órfãos.” (Jo 14:4-18).

Quanto ensino esclarecedor, não é? Mas os discípulos continuavam sem entender bem o Senhor.

Mt 16:16 – Pedro entendeu pelo Espírito Santo que “Jesus é o Cristo, o Filho de Deus vivo”. Foi muito importante esta revelação que Pedro teve a respeito de Jesus.

Jesus esclareceu mais a esse respeito e disse: “Bem aventurado és tu, Simão Barjonas (mostrou a origem dele, filho de Jonas), porque to não revelou a carne e o sangue, mas meu Pai que está nos céus. Pois eu te digo que tu és Pedro (Petros, que quer dizer pedaço de pedra), mas sobre esta Pedra (Petra), a revelação (o Cristo, Filho de Deus vivo), edificarei a minha igreja. (Mt 16:18).

A igreja de Jesus é edificada sobre Jesus, que é a Pedra Fundamental, principal.

Jesus é a Pedra (Mt 16:16).

 

AULAS JULHO/AGOSTO/ 2013

TEMA: DEUS ENVIA JESUS COMO O SALVADOR DO MUNDO

3ª AULA (1ª parte) – 18.08.2013

JESUS – A PEDRA REJEITADA

 

“Edificados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, de queJesus Cristo é a principal pedra da esquina; …” (Ef 2:20).

As crianças e adolescentes se lembram da lição “Casa na Rocha e Casa na Areia”. É este ensino que vamos dar, agora com mais detalhes.

Mt 16:16-19 trata de uma resposta dada por Pedro a Jesus, quando os outros discípulos responderam erradamente sobre o que as outras pessoas achavam de Jesus.

“Quem dizem os homens ser o Filho do homem?” Pedro recebeu do Pai, Deus, a revelação e disse certo: “Tu és o Cristo, o Filho de Deus vivo”.

Jesus confirmou isto dizendo: “sobre esta pedra edificarei a minha igreja, …” (a revelação de que Jesus é a pedra). Então a igreja de Jesus está edificada nele e Ele é o cabeça.

Petros significa parte de pedra. Assim é o nome de Pedro.

Petra significa Rocha, onde está edificada a igreja.

Jesus é a Pedra, pedra fundamental, principal (Ef 2:20).

Jesus disse ali que daria as chaves do reino dos céus a Pedro. Ele falava de três chaves importantes. Chaves que, pela palavra de Deus pregada, abririam a porta não só para os judeus, como era até aquele dia, mas também a abririam para toda a gente.

Quem iria operar este milagre no meio daqueles poucos discípulos, tão fracos e pequenos?

Jesus explicou: “Eu vou morrer.” Pedro disse a Jesus: “De modo nenhum isto te acontecerá.” Pedro deu lugar ao inimigo e Jesus o repreendeu na hora: “Para trás de mim, Satanás, que me serves de escândalo…” (Mt 16:23).

Jesus continuou: “Vou ressuscitar e vou mandar o Espírito Santo vos batizar e morar convosco todos os dias, até o fim dos tempos. Então vocês vão evangelizar, falar de salvação.” Este é o ensino, esta é a chave.

Quando tudo isso aconteceu Jesus foi morto, ressuscitou, encontrou-se com eles, deu todas as recomendações. Inclusive Pedro, que o tinha negado três vezes, confessou três vezes o seu pecado e foi restaurado no meio dos discípulos para, também com os outros, apascentar o rebanho do Senhor Jesus.

Cinquenta dias depois de assunto ao céu, eles, em obediência, estavam reunidos, em comunhão, quando de repente veio do céu um som, como se fosse de um vento forte, e encheu a casa, e foram cheios do Espírito Santo, e foi uma verdadeira festa, alegria. Falavam em línguas que o Espírito Santo dava e em Jerusalém habitavam judeus religiosos e gente de todas as nações e “… cada um os ouvia falar na sua própria língua.” (At 2:6). Então havia muita alegria e os zombadores começaram a dizer: “Estão bêbados! O que é isto?” (At 2:1-13).

(Na próxima aula continuaremos este assunto).

 

AULAS JULHO/AGOSTO/ 2013

TEMA: DEUS ENVIA JESUS COMO O SALVADOR DO MUNDO

4ª. Aula (2ª parte) – 25.08.2013

AS TRÊS CHAVES DO REINO

Na aula passada conferimos na Palavra de Deus que a Igreja está edificada sobre a Rocha Eterna: O Senhor Jesus. (“Petra significa Rocha, onde está edificada a igreja”).

O Salmo 62:2 diz: “Só ele é a minha rocha e a minha salvação; é a minha defesa; não serei grandemente abalado.”.

Aprendemos que Pedro recebeu do Pai, Deus, a revelação e disse certo: “Tu és o Cristo, o Filho de Deus vivo”. (Mt 16:16).

Jesus confirmou isso dizendo a Pedro: “sobre esta pedra edificarei a minha igreja (…) E eu te darei as chaves do reino dos céus; (Mt 16:18, 19).

 

Pedro agora usa três chaves:

A Primeira chave: A Palavra de Salvação para os judeus e gentios.

At 2:14 – “Pedro, porém, pondo-se em pé com os onze, levantou a sua voz, e disse-lhes: Varões judeus, e todos os que habitais em Jerusalém, seja-vos isto notório, e escutai as minhas palavras”, e explicou tudo.

At 2:37 – E ouvindo eles a mensagem de salvação perguntaram a Pedro e aos demais apóstolos: “Que faremos, varões irmãos?” Pedro respondeu: “Arrependei-vos e cada um seja batizado em nome de Jesus Cristo, para perdão dos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo.” E naquele dia quase três mil almas se converteram.

Esta foi a primeira chave usada por Pedro: a abertura da salvação para os gentios.

Quem crê é salvo. Isto é obra do Espírito Santo, convencer o homem do pecado. É Ele e não Pedro quem salva. E quem fecha a porta é o Espírito Santo, quando o homem não quer Jesus.

A Segunda chave: A Porta Formosa – (judeus convertidos) (At 3:1-2; 4:4).

Pedro e João foram ao Templo e encontraram-se com um coxo, aleijado de nascença. Ele pediu esmola e eles disseram: “Não tenho prata nem ouro, mas o que tenho isto te dou (ele tinha recebido o poder do Espírito Santo). Em nome de Jesus Cristo, o Nazareno; levanta-te e anda.” Tomou o aleijado pela mão e ele andou, saltando e louvando a Deus, não a Pedro.

Pedro falou àquela gente que eles haviam negado o Santo, mataram o Príncipe da Glória, que Deus ressuscitou, e preferiram um ladrão, Barrabás.

Com aquela mensagem cinco mil pessoas se converteram.

A Terceira Chave: Cornélio, gentio (At 10).

Cornélio era um chefe militar. Pertencia à coorte italiana. Era temente a Deus e assim conduzia sua casa.

Deus lhe deu uma visão de anjo e ele obedeceu ao recado que Deus mandou pelo anjo. Chamou seus soldados e mandou buscar Pedro para ouvir a mensagem de Jesus. Pedro pregou para ele, sua família, e creram na Palavra testemunhada por Pedro.

Pedro apresenta-se aos outros discípulos e narra o fato: “E, quando comecei a falar, caiu sobre eles o Espírito Santo, como também sobre nós ao princípio. E lembrei-me do dito do Senhor, quando disse: João certamente batizou com água, mas vós sereis batizados com o Espírito Santo.” (At 11:15-16).

Conclusão

Pedra rejeitada pelos homens – Jesus.

Pedro foi um servo. Usou as três chaves, a Palavra, para abrir a porta da evangelização:

1ª – a todos ao redor de Jerusalém;

2ª – a oportunidade aos judeus, na Porta Formosa;

3ª – na casa de Cornélio, um gentio italiano.

Quem abre e fecha é o Espírito Santo. Ele é o enviado do Senhor Jesus para estar conosco todos os dias. Ele é quem tem entrada nos céus e é quem intercede por nós e nos leva ao Pai.

Top