Palavra ao Professor de Jovens – 09/08/2014

ESTUDO BÍBLICO PARA JOVENS E OBREIROS – 09-ago-2014
TEMA: DOUTRINAS BÁSICAS DA OBRA NA PRÁTICA
ASSUNTO: BATISMO COM O ESPIRITO SANTO

TEXTO FUNDAMENTAL: ATOS 1.8
EM ATOS 1.8 O BATISMO COM O ESPIRITO SANTO É UMA CAPACITAÇÃO (PODER) PARA TESTEMUNHAR.
COMENTAR ALGUMAS EVIDÊNCIAS DESSA CAPACITAÇÃO NA VIDA DE PEDRO E FILIPE, NOS SEGUINTES TEXTOS:
– ATOS 2.14-41
– ATOS 8.26-40
FAZER A APLICAÇÃO PROFÉTICA

(Os textos usados neste estudo foram extraídos da Tradução de João Ferreira de Almeida, Edição Revista e Corrigida, versão 1995)


Revelação relacionada aos estudos sobre as Doutrinas Básicas da Obra na Prática.
Um anjo do Senhor trazia uma revelação da parte do Senhor para todos nós, para ser cumprida ao longo dos estudos sobre as Doutrinas básicas da Obra na Prática.
A revelação dizia: “Eu estarei abençoando todo o meu povo. Os lares serão abençoados. Estarei restaurando lares que estão desfeitos. Estarei curando enfermidades e abrirei portas para o meu povo”.

LEITURA DO TEXTO FUNDAMENTAL:
– ATOS 1:8 – (JFA-ERC-1995)
“Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria e até aos confins da terra”.
OBSERVAÇÕES:
1.     Sugerimos que os jovens e obreiros sejam separados em dois grupos para participarem das duas atividades propostas nesta lição. Podem até separar em mais grupos, dependendo dos comentários do número de evidências encontradas.
2.     Os textos em itálico são transcrições literais dos estudos recebidos dos grupos de jovens e obreiros.

INTRODUÇÃO
SIGNIFICADO DE:
TESTEMUNHA: Pessoa que assiste à realização de um ato para dar-lhe validade legal. Pessoa que relata o que viu ou ouviu.

EM ATOS 1.8 O BATISMO COM O ESPIRITO SANTO É UMA CAPACITAÇÃO (PODER) PARA TESTEMUNHAR.
Assim como a Palavra Revelada e o Clamor pelo sangue de Jesus, o Batismo com o Espírito Santo é também uma doutrina revelada pelo Senhor na Obra.
A capacitação que o Espirito Santo dá ao servo para testemunhar do Senhor, faz parte de uma promessa feita pelo Senhor através do profeta Joel, conforme citado por Pedro em Atos 2.16-21. Tal promessa foi lembrada aos discípulos pelo Senhor Jesus, em Lucas 24.49, para ficarem em Jerusalém,“… até que do alto fossem revestidos de poder”.
O poder para testemunhar é uma capacitação dada pelo Espirito Santo através da presença da virtude do Espirito Santo na vida do servo. Isso veio do alto (Atos 2.2a), veio na forma de um som (para o ouvido ouvir a voz do Espirito Santo). Eles viram as labaredas de fogo (para os olhos verem as operações do Espirito Santo) e, por fim, testemunharam através dos dons espirituais, falando em línguas, ou seja, de uma forma que todos os povos entendiam no seu próprio idioma.
Esta foi a experiência dos apóstolos com o poder do Espirito Santo. Isso ocorreu conforme o Espirito Santo lhes concedia que falassem, mostrando que o Batismo com o Espirito Santo é para o servo estar submisso à vontade do Espirito Santo.
   
=============================================================
COMENTÁRIO DE ALGUMAS EVIDÊNCIAS DESSA CAPACITAÇÃO NA VIDA DE PEDRO, NO SEGUINTE TEXTO:
1.     – ATOS 2.14 – (JFA-ERC-1995)
“Pedro, porém, pondo-se em pé com os onze, levantou a voz e disse-lhes: Varões judeus e todos os que habitais em Jerusalém, seja-vos isto notório, e escutai as minhas palavras”.

EVIDÊNCIAS:
A)     Integração ao Corpo
Atos 2:14a – “Pedro, porém, pondo-se em pé com os onze…”:
O Espírito Santo age em um corpo vivo. Pedro não se pôs em pé sozinho, querendo destacar-se, mas levantou junto com os onze, valorizando o “corpo”.  O poder para testemunhar é dado para que o Senhor seja evidenciado e não o homem.
A autoridade para dar aquele testemunho de pé era concedida pelo poder do Espirito Santo na vida de Pedro. Estar de pé é estar sustentado pelo “corpo”.

APLICAÇÃO PROFÉTICA:
Uma evidência do poder do Espírito Santo na vida do servo é quando ele tem o Conhecimento e o Discernimento da Profecia. Conhece revelação. Também, o servo cheio do poder do Espirito Santo é, em tudo, integrado ao corpo. Integrado ao culto, ao louvor, à mensagem, à doutrina, etc. A grande mensagem de poder que a igreja prega hoje é com a autoridade que lhe for outorgada pelo Espirito Santo na condição de corpo de Cristo.

B)     Conhecimento e Discernimento da Profecia
2:15b – “…sendo esta a terceira hora do dia”:
O poder para testemunhar foi concedido à igreja, em um momento profético da dispensação da graça do Senhor através do derramamento, sem medida, do Espirito Santo sobre a igreja. Com esta expressão, Pedro alcançou, pelo Poder do Senhor, a revelação desse glorioso momento profético da igreja.

APLICAÇÃO PROFÉTICA:
Uma evidência do poder do Espirito Santo na vida do servo é quando ele transmite sempre uma mensagem profética, revelada pelo Espirito Santo. É o poder do Espirito Santo que o capacita a conhecer e discernir a profecia, a revelação.
O momento profético da terceira hora do dia somente encerrará quando o Senhor voltar para buscar a sua igreja. Por isso a igreja continua testemunhando desse momento através do poder do Espirito Santo sobre ela até à volta do Senhor.

C)     Transmissão de uma mensagem profética.
Atos 2:16 – “Mas isto é o que foi dito pelo profeta Joel”:
Pedro, no capitulo 2 de Atos, testemunhava daquilo que tinha ouvido (um som vindo do céu) e visto (línguas de fogo repartidas) e sentido em si (as línguas de fogo caindo sobre cada um deles).

APLICAÇÃO PROFÉTICA:
O poder do Espirito Santo torna o servo uma testemunha do Senhor através do uso nos dons espirituais. Os dons espirituais na vida do servo são a forma mais convincente de testemunhar do poder de Deus. O alcance da profecia, ou seja, da revelação é que confere o poder do Espirito Santo no testemunho do servo. É o testemunho do que ouviu, do que viu e da experiência própria com os dons espirituais.
A expressão poder para testemunhar, tem mais sentido espiritual do que natural. Conclui-se que ser usado com dons espirituais é a maneira mais certa de se testemunhar do poder do Senhor Jesus. E os dons espirituais são uma das evidências do Batismo com o Espirito Santo.

D)     Era uma testemunha do poder de Deus e de que Jesus está vivo.
Atos 2:32 – “Deus ressuscitou a este Jesus, do que todos nós somos testemunhas”.
No verso 33, Pedro ainda confirma que Jesus é quem batiza com o Espirito Santo.

APLICAÇÃO PROFÉTICA:
A igreja cheia do poder do Espirito Santo testemunha da mensagem que transforma o pecador, que é Jesus ressuscitado.
As operações do Espirito Santo no meio da igreja é que confere a ela o poder para testemunhar de que Jesus está vivo.

E)     Pedro possuía uma Mensagem de arrependimento e transmitia a herança do Batismo com o Espirito Santo.
Atos 2:38 – “E disse-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para perdão dos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo”.
No verso 39, Pedro confirma que a benção do Batismo com o Espírito Santo não seria somente para aqueles que estavam ali naquele dia do Pentecostes, mas também para as gerações futuras.

APLICAÇÃO PROFÉTICA:
Hoje a igreja ainda tem a bênção do Batismo com o Espirito Santo, concedida não só lá no Pentecostes, mas “a tantos quantos o Senhor chamar”. Somos hoje os chamados da última hora.
A igreja transmite a herança do Batismo com o Espirito Santo confirmando esse poder que é concedido somente pelo Senhor Jesus.

F)     O grande resultado da evidência do poder do Espirito Santo na vida de Pedro foi a conversão e o batismo de uma grande multidão de cerca de 3 mil almas.
Atos 2:41 – “De sorte que foram batizados os que de bom grado receberam a sua palavra; e, naquele dia, agregaram-se quase três mil almas”.

APLICAÇÃO PROFÉTICA
É grande o resultado de salvação de vidas quando uma mensagem de salvação é entregue pela igreja cheia do Espirito Santo. A igreja cresce com o testemunho do poder do Espirito Santo no meio dela, através de uma mensagem revelada pelo Espirito Santo. Isso, na prática, é o que acontece com o Culto Profético.
=========================================================

COMENTÁRIO DE ALGUMAS EVIDÊNCIAS DESSA CAPACITAÇÃO NA VIDA DE FILIPE, NO SEGUINTE TEXTO:
2.     – ATOS 8.35 – (JFA-ERC-1995)
“Então, Filipe, abrindo a boca e começando nesta Escritura, lhe anunciou a Jesus”.
FILIPE era homem cheio do Espirito Santo e de sinais (Atos 8:6)
EVIDÊNCIAS:

A)     Experiência com a ministração de anjos
Atos 8:26 – “E o anjo do Senhor falou a Filipe, dizendo: Levanta-te e vai para a banda do Sul, ao caminho que desce de Jerusalém para Gaza, que está deserto”.
Filipe não só viu o anjo, mas ouviu a revelação que Ele trazia da parte do Senhor.

APLICAÇÃO PROFÉTICA:
Uma grande evidência do poder do Espirito Santo na vida da igreja é a ministração dos anjos do Senhor no meio dela. Para cada operação do Espirito Santo, uma ministração de anjos.

B)     Experiência de obediência à revelação do Senhor.
Atos 8:27 – “E levantou-se e foi. (…)”. – Atos 8:30 – “E, correndo Filipe (…)”.
Três evidências do poder do Espirito Santo para testemunhar na vida de Filipe:
OBEDIÊNCIA à voz do Senhor
PRONTIDÃO em atender e
DISPOSIÇÃO para realizar a Obra.

APLICAÇÃO PROFÉTICA:
O homem capacitado pelo Espírito Santo é submisso à vontade do Senhor e está SEMPRE DISPOSTO a OBEDECER A REVELAÇÃO e no cumprimento dela, ele se apressa para que a mesma seja PRONTAMENTE ATENDIDA.
Andar no Espírito e ser guiado por ELE é evidência do poder para testemunhar na vida do servo.

C)     A intimidade com o Espírito Santo
Atos 8:29 – “E disse o Espírito a Filipe: Chega-te e ajunta-te a esse carro”.
A palavra dirigida pelo do Espírito Santo a Filipe, falando-lhe de uma forma pessoal, numa revelação direta.

APLICAÇÃO PROFÉTICA:
A intimidade com o Senhor é uma evidência do poder do Espirito Santo para o servo testemunhar do Senhor.
O Espirito Santo sempre se revela a um servo obediente e disposto a ouvir a voz do Senhor. Isso é outra evidencia do poder para testemunhar. A revelação direta do Espirito Santo tem sido uma constante no meio da igreja através do Dom de Ciência.

D)     O conhecimento da Palavra Revelada – o testemunho somente do Senhor Jesus.
Atos 8:35 – “Então, Filipe, abrindo a boca e começando nesta Escritura, lhe anunciou a Jesus”.
No verso 30, uma evidência do poder para testemunhar na vida de Filipe foi a sabedoria na abordagem do eunuco.
Outra evidência do poder do Espirito Santo na vida de Filipe (verso 35) foi a capacitação para discernir a Palavra revelada, pois ele, a partir de uma escritura no Velho Testamento anunciou Jesus ao eunuco. Ele descobriu Jesus no Velho Testamento.
O mesmo discernimento que Pedro teve da profecia do profeta Joel.

APLICAÇÃO PROFÉTICA:
O Espirito Santo capacita o homem para testemunhar somente de Jesus, por isso fomos chamados para sermos testemunhas fiéis, ou seja, somos responsáveis por falar a verdade acerca daquilo que temos visto e ouvido na Obra do Senhor.
Paulo diz, em I Cor. 12:3) que o testemunho de que Jesus é o Senhor, só é possível através do poder do Espirito Santo.
O servo cheio do Espirito Santo tem sabedoria para abordar o visitante quando lhe dá assistência. Inclusive usa os dons espirituais com sabedoria.
A revelação não agrega vidas para uma denominação, mas para seguir jubiloso a caminhada com Jesus.

E)     Experiência com um tipo de arrebatamento.
Atos 8:39 – “E, quando saíram da água, o Espírito do Senhor arrebatou a Filipe, e não o viu mais o eunuco; e, jubiloso, continuou o seu caminho”.
Esta ação do Espírito Santo na vida de Filipe é um mistério inexplicável, pois não é explicada a forma como se deu isso. O fato é que o eunuco não o viu mais, mas passou a ver o motivo de júbilo da sua nova caminhada. Esse motivo era Jesus e não Filipe. Agora Filipe vai ter mais uma evidência do poder do Senhor em sua vida: uma experiência com arrebatamento.

APLICAÇÃO PROFÉTICA:
Depois que o homem foi usado, o Senhor o oculta e fica somente a benção do Espirito Santo. O que importa é o resultado do poder para testemunhar do Senhor na vida do servo. Esse resultado são as vidas seguirem jubilosas o caminho da experiência com o Senhor Jesus.

Top